no

Petrobras aprova benefício para compra do gás de cozinha; fundo de R$ 300 milhões

A Petrobras já aprovou fundo para financiar o novo programa do governo de apoio à compra de gás de cozinha.

Algumas semanas atrás, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou que a Petrobras estava fornecendo recursos para financiar novo programa. A iniciativa visa apoiar famílias em situação de desvantagem social na compra de gás liquefeito de petróleo (GLP), ou seja, gás de cozinha.

A estatal confirmou na última quarta-feira (28 de setembro) que comprometeu R $ 300 milhões para financiar o programa ao longo de 15 meses. A Petrobras teve o programa de ajuda aprovado pela diretoria e pode ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social a adquirir outros bens além do gás, segundo nota publicada.

Ainda em fase de estudo, o programa está à procura de alternativas e mais parceiros para expandir ainda mais o respetivo programa. Diante da crise gerada pela pandemia, a empresa intensificou o engajamento e a atuação com a comunidade para garantir que muitas famílias sejam atendidas pelo programa.

Ainda não se sabe quando começa a transferência de valiance, quais critérios são avaliados e quanto cada família recebe. Mas, segundo os presidentes da estatal Joaquim Silva e Luna, todos os meios já são possíveis.

A Petrobras está sob strong suit pressão de muitos políticos por causa de suas atividades financeiras que acompanham o mercado internacional. No entanto, o presidente da empresa havia afirmado recentemente em comunicado que, por exemplo, em relação ao preço da gasolina, tudo que ultrapassar R $ 2 não é de sua responsabilidade.

Escrito por Bonfim Notícias

Antônia Fontenelle ‘foge’ de audiência marcada com Fábia Oliveira

A campanha nacional de multivacinação começa hoje