no

Saiba quem precisa devolver o auxílio emergencial para o governo

No início do programa de transferência de renda, auxílio emergencial que ajudou os trabalhadores que perderam o emprego, foi anunciado que quem o recebeu indevidamente terá que devolvê-lo. Aqueles que tiveram trabalho ou renda incompatível entram no grupo de pessoas que receberam indevidamente.

O Ministério da Cidadania enviou avisos a essas pessoas no início de outubro para reembolsar os valores indevidamente recebidos. Estima-se que cerca de 627.000 pessoas estão nesta lista. O pedido de devolução é enviado por SMS para os números 28041 ou 28042.

A lista, que inclui pessoas que foram recebidas indevidamente, atende aos seguintes critérios de exclusão:

  • Quem apresentou a declaração de imposto de renda?
  • Beneficiários de outros programas e serviços, como Por exemplo: seguro de pensão, seguro-desemprego ou o programa de proteção de emprego e renda de emergência;
  • Pessoas que estavam ocupadas à época do recebimento do benefício.
  • Outras situações se aplicam ao beneficiário que não se enquadrou nas diretrizes de elegibilidade para recebimento. Ainda há pessoas que conseguiram criar o Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF) para devolver o valiance, mas até o momento não procederam com a devolução.

    Medidas de prevenção de fraude

    Neste momento, quando as mensagens estiverem sendo enviadas using SMS para proceder à devolução, é importante estar atento a possíveis fraudes. Situações como essa fornecem excelentes oportunidades para os golpistas agirem. Pontos importantes devem ser observados para não ser vítima de uma falsa devolução do socorro de emergência.

    Em primeiro lugar, você precisa examinar a origem da mensagem. Como mencionamos anteriormente, os números enviados oficialmente são 28041 ou 28042. Observe com atenção se eles realmente correspondem aos números do Ministério da Cidadania.

    Recomendado:  Está em busca de cartões sem anuidade? Confira lista com opções

    Lembre-se de que a mensagem é diferente será destinado as pessoas apresentou o imposto de renda e para outras pessoas que não o receberam corretamente. Este último vem com a seguinte frase:

    “CPF ***. 456.789 – ** não recebia atendimento emergencial de forma adequada. Voluntarie-se para devolver ajuda em https://devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br/devolucao ou denunciar golpes em gov.br/falabrae ”.

    Escrito por Bonfim Notícias

    EXCLUSIVO Pai de Viih Tube cria próprio reality show com influenciadores

    Nos Tempos do Imperador: Leopoldina ‘fura o olho’ de Isabel para ficar com cunhado