no

Reajuste salarial mediano fica abaixo da inflação; entenda

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Fipe divulgou nesta quinta-feira (23) o reajuste salarial médio no país. De acordo com os dados, o percentual ficou abaixo da inflação. Com isso entendemos que o salário do trabalhador não pode atingir o preço médio dos principais bens de consumo.

De acordo com os números publicados, o reajuste salarial ficou 1,4 ponto percentual abaixo da inflação. Os cálculos são baseados no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e indicam que apenas 9,5% das negociações resultaram em lucro genuine.

Os números mostram ainda que o reajuste médio negociado foi de 8,5%, enquanto o INPC aumentou 9,9% nos últimos 12 meses. A diferença também pode ser observada no limite salarial substandard médio. Isso, por sua vez, corrige a desigualdade, que chegou a R $ 1.255 em agosto. No entanto, o salário-base médio period de R $ 1.396.

A maior parte dos dados vem do balcão de salários da Fipe, que faz uma análise detalhada de complete de 40 negociações salariais. Essas transações são armazenadas automaticamente no site do Medidor, controlado pelo Ministério da Economia.

Entende-se, portanto, que as negociações realizadas nestes 12 meses não alcançaram nenhum resultado médio genuine. O índice oscila negativamente desde setembro: de -1,4% para 0. A Fipe espera que o perfil da inflação para a base de dados atinja quase 10%, o que reduzirá ainda mais os ganhos reais.

Escrito por Bonfim Notícias

A variante Delta já causa 95% dos casos covid-19 em São Paulo

Nos Tempos do Imperador: quem foi o primeiro engenheiro do Brasil