no

Pabllo Vittar afirma que estará apoiando Campanha Pró-Lula em 2022

A campanha presidencial preocupa muita gente e sabe-se que já se manifestou sobre os possíveis candidatos à presidência da república. o cantor Pabllo Vittar foi uma das celebridades que já disse que será voltado para as pessoas, seus fãs e até prometeu fazer uma campanha. O escolhido na época foi o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

“Estou só esperando o ano que vem para poder votar. Vai ser. Sou a primeira a levantar essa bandeira porque passei por muita coisa nessa vida. Eu lembro quando o Bolsa Família foi criado (2004) e eu pude ir ao mercado realizar compras para a minha mãe”, disse o cantor em entrevista à revista Elle, que é capa da edição impressa de setembro.

Pabllo também falou sobre suas experiências com o MST (Movimento dos Sem Terra):

“Eu era pequena, mas lembro bem. Foi no Pará. Muita gente não procura entender nem a ponta do iceberg, não sabe do que o MST se trata ou o que é uma ocupação. Mas, pela minha experiência, eu posso afirmar que fui feliz”, relatou.

Não é a primeira vez que Pabllo apoia o político. Em julho daquele ano, ela anunciou que gostaria de cantar na posse de Lula caso ele ganhe a corrida presidencial de 2022. A confirmação veio depois que um internauta perguntou se cantaria no evento de inauguração: Espero que sim, respondeu a cantora no Twitter.

Polêmica com estilista

Pabllo Vittar se tornou um dos tópicos mais discutidos nas redes sociais no dia 22 de julho (quinta-feira) depois de não parecer apropriado. Foi usado em várias publicações, por a estilista Jheni . Ainda é considerada pequena no mundo da moda, mas já carrega consigo muitas personalidades da mídia.

Recomendado:  Após deixar bilhete e desaparecer Nego do Borel é encontrado e faz gesto obsceno na delegacia

João Ribeiro, estilista oficial da Pabllo , pediu emprestado peças de Jheni para promover o novo álbum do cantor . Uma das cláusulas do contrato garantia que as publicações do cantor fossem devidamente creditadas com os looks. Porém, apenas um dos looks foi creditado, o da capa do álbum Batidão Tropical

A confusão da moda começou depois Pabllo Vittar roupas usadas de Jheni no vídeo para Tesão com T , capas de álbuns e programas de TV que os cantores fizeram Exemplo em Encontro com Fátima Bernardes e não dar o devido reconhecimento. Como se não bastasse, as roupas foram devolvidas sujas e em uma bolsa rasgada.

Jheni , claramente irritada com a situação, decidiu se aventurar nas redes sociais. Depois disso, Pabllo recebeu o único crédito pela publicação . Luísa Sonza e Jade Picon são também algumas das mais famosas que a estilista já vestiu. Antes da confusão com Pabllo, ela tinha apenas 3 mil seguidores, mas agora já contabiliza mais de 20 mil. Os usuários da Internet usaram a hashtag #AcordaPabllo em apoio ao Jheni .

Depois de toda a confusão e algum tempo depois, a cantora pediu desculpas a Jheni e fez o que os fãs da cantora queriam desde o início: que fossem informados e pedissem desculpas ao estilista. Aqui estão alguns artigos sobre ativismo político de Pabllo Vittar:

Pablo Vittar também falou sobre o MST para a ELLE View:
“Eu era pequena, mas lembro bem. Foi no Pará. Muita gente não procura entender nem a ponta do iceberg, não sabe do que o MST se trata ou o que é uma ocupação. Mas, pela minha experiência, eu posso afirmar que fui feliz. “

— Bora Conversar Política (@BCPolitica) September 20, 2021

a maior do brasil pic.twitter.com/G49DsHnswn

— Caiuscio (@caiuscio) July 14, 2021

importante deixar aqui o nosso pedido de desculpas públicas a @ssjheni pic.twitter.com/DagP0r0ffD

— Pabllo Vittar (@pabllovittar) July 28, 2021

Escrito por Bonfim Notícias

Teve o auxílio emergencial negado na Dataprev? Saiba como contestar a negativa

Covid-19: Casos no país estão diminuindo depois que os dados são ajustados nos estados