no

O Paths of Report deste domingo trata da síndrome de exhaustion

Uma síndrome específica do mundo do trabalho, resultante de níveis catastróficos de estresse: é a síndrome da exaustão. O termo, traduzido do inglês, significa queimar completamente. O programa de televisão Brasil Caminhos da Reportagem deste domingo vai mostrar como o excesso de trabalho leva ao esgotamento, os sintomas e tratamentos da síndrome e exemplos de quem passou por ela e mudou de vida.

O diagnóstico de exhaustion apareceu pela primeira vez em 1974 e, desde então, atinge cada vez mais pessoas. No Brasil, estima-se que 32% da população sofra da síndrome. O país fica atrás apenas do Japão, onde 70% da população sente os efeitos do esgotamento ocupacional.

O psicanalista e teacher da USP Christian Dunker explica que o esgotamento não acontece porque você passou fim de semana sem dormir entregando projeto. “Quando você passa meses, quando passa anos fazendo isso, começa a correr o risco de ter algum tipo de colapso geral”, diz ele.

Foi o que aconteceu com Duly Mittelstedt. Trabalhando sem parar como pianista e professora de piano, Duly diz que dia seu cérebro se cansou de decodificar boys. Ele não conseguia ouvir nada. Ele teve que parar, ir para a musicoterapia e mudar o ritmo de sua vida para se recuperar.

A jornalista Izabella Camargo não teve pace de cuidar de todas as funções. Ele descobriu que estava exausto depois de passar por cinco especialistas para tratar 25 sintomas. Quando ele voltou da licença médica, ele foi demitido. Hoje ele dá palestras sobre prevenção do estresse no trabalho e tem uma vida mais equilibrada.

Em 2022, conforme definição da Organização Mundial da Saúde, o exhaustion passa a realizar parte da nova Classificação Internacional de Doenças. O que, segundo Ana Maria Rossi, psicóloga e presidente da ISMA Brasil, trará muitos benefícios. “Primeiro, para o funcionário, para o funcionário, que vai poder subsidiar essa denúncia de burnout, que hoje ainda é muito superficial, não tem embasamento legal”, explica Ana Maria.

Recomendado:  O Observatório Covid-19 mostra uma redução de 42,6% nas mortes

Pandemia

A pandemia aumentou o número de pessoas à beira do estresse. Uma pesquisa do Portal Pebmed Health descobriu que 83% dos médicos da linha de frente sofriam de exhaustion. O teletrabalho também agravou a situação dos demais funcionários. A vida pessoal e profissional fundiram-se, o que tem levado muitas pessoas a viagens mais longas.

Segundo Adriane Reis, Coordenadora Nacional de Igualdade do Ministério do Trabalho, essa nova realidade afetou ainda mais as mulheres. “Como no Brasil temos uma sociedade patriarcal em que as mulheres ainda são consideradas responsáveis ​​pelo cuidado da família e, neste momento de pandemia, as escolas fecharam, ficou muito mais difícil para as mulheres conciliar as viagens de negócios e familiares.». , aponta.

Diagnosticar a síndrome continua sendo desafio, pois muitos dos sintomas são semelhantes aos da ansiedade e da depressão. Remédios para ambas as doenças são até usados ​​no tratamento. No entanto, os pesquisadores estão avaliando o efeito do canabidiol em casos de exhaustion.

Quem já passou por isso afirma que os remédios e os tratamentos por si só não são suficientes. “Não adianta tomar remédio, realizar tratamento e continuar em um ambiente estressante. Ou então não faz sentido mudar o ambiente e continuar com comportamentos prejudiciais à saúde. “Não é problema você usar a camisa da sua empresa, desde que vista pijama, desde que vista uma vestimenta para atividade física, desde que a vista para uma atividade de lazer”, return to Izabella Camargo. .

O programa Caminhos da Reportagem é exibido sempre aos domingos, a partir das 20h. Clique aqui, para aprender a sintonizar a TELEVISION Brasil em canal aberto, by means of satélite e por assinatura.

Ficha de dados

Referência: Flavia Peixoto
Produção: Claiton Freitas, Flavia Peixoto e Pollyane Marques
Apoio de produção: Julia Ballarini, Natalia Neves, Pablo Mundim
Imagens: André Pacheco
Apoio de imagem: Alexandre Nascimento, João Marcos Barboza, Sandro Tebaldi e Sigmar Gonçalves
Assistentes técnicos: Alexandre Souza e Rafael Calado
Suporte de assistência técnica: Cláudio Tavares, Dailton Matos e Rafael Carvalho
Editora de texto: Patricia Maia
Edição de imagem: Jerson Portela
Arte: Pamela Lopez

Recomendado:  Fiocruz conclui estimativa nacional IFA da vacina covid-19

EBC

Escrito por Bonfim Notícias

Zé Felipe reage à boatos de traição de Jade Picon contra João Guilherme

Viih Tube é vista aos beijos com influencer e faz a fila andar