no

Novo Bolsa Família não descumprirá teto de gastos, afirma Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na última sexta-feira (30 de julho) durante evento no Rio de Janeiro que o governo não se oporia ao Limite de gastos por causa do novo Bolsa Família.

Bolsonaro anunciou na semana passada que a média dos novos Pensão familiar pode ser ajustado dos atuais 192 reais pagos para mais de 300 reais.

Novo Bolsa Família não pode ultrapassar o limite de gastos

O ministro frisou que a equipa analisou cuidadosamente o impacto do novo benefício, que deverá ter um valor superior e abranger mais beneficiários. “Pode ter certeza que não quebraríamos o teto por causa do Bolsa Família, não é o caso, tudo é programado com muita responsabilidade”, disse.

A flexibilização do teto se deve à redução das despesas obrigatórias para 2022 em cerca de R $ 5 bilhões. Essas despesas incluem pensões, despesas com funcionários públicos, complementos salariais e seguro-desemprego, entre outros.

Portanto, o orçamento de 2022 prevê uma margem de R $ 25 a 30 bilhões que poderá ser destinada ao novo programa.

O Bolsa Família pode ajudar o Brasil

A reformulação do programa Bolsa Família não deve se limitar ao número de beneficiários e ao valor do auxílio. O presidente Jair Bolsonaro foi aconselhado a usar a reformulação para alterar também o nome do programa, que poderia ser assim chamado Ajuda do brasil.

O principal objetivo seria uma estratégia política de desmembramento do programa social do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que seria seu adversário na eleição de 2022.

Em declarações à CNN Brasil, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que os fundos para aumentar os benefícios sociais já estão previstos nas projeções orçamentais para 2022.

Escrito por Bonfim Notícias

Relembre o que acontece com Josué na novela Império

Descubra qual o segredo de Evandro na novela Pega Pega