no

Maiara ‘limpa’ redes sociais e passa a seguir apenas Marília Mendonça

Não há dúvidas de que Maiara e Maraisa eram grandes amigas da cantora Marília Mendonça e faziam questão de mostrar ao público o quanto a parceria era forte. Tanto que até mesmo abriram sociedade para lançar uma marca de cerveja chamada Potiguar. E o anúncio foi realizado durante uma live no dia 15 de maio. Marília convidou As Patroas para divulgar a novidade. Elas adoravam tomar uma cerveja durante as lives. 

Marília Mendonça morreu na última sexta-feira (6) vítima de uma acidente aéreo, em Minas Gerais. Durante o velório no Ginásio Goiânia Arena, dezenas de fãs estiveram presentes para a despedida da eterna ‘Rainha da Sofrência’. A cantora e amiga Maiara em todos os momentos mostrou amparo aos demais familiares e amigos no local. Nesta terça-feira (9), fãs observaram que Maiara deixou de seguir todos no Instagram e apenas manteve Marília em sua rede social. 

O portal EM OFF conversou com a psicóloga Cláudia Melo para comentar sobre a atitude de Maiara. “Eu acredito que a gente precisa ter muito cuidado em relação ao que a gente vê. Às vezes, uma imagem solta não  significa aquilo que eu estou pensando. Porque em meio a um processo de dor, nem sempre a pessoa está ali. O corpo está ali, mas ela ainda não assimila o que está acontecendo”, começa a doutora. 

“Ela ainda não está sentindo da forma adequada. O luto para cada um vem de uma maneira diferente. Aquele riso, às vezes, é um riso mais de ansiedade e não significa um riso de alegria. Então, é preciso ter muito cuidado nesse olhar e neste julgamento. Até porque isso é muito sério e elas tinham uma relação de afeto, amizade e companheirismo. Nesse momento de dor ter esse tom completamento cruel em relação ao que ela está sentindo e julgar. É interessante parar para si olhar e entender como cada um funciona”, completa Claudia. 

Recomendado:  Luísa Sonza troca cantor da Lagum por vocalista do Melim

As três apresentariam o show “As Patroas”. Nas redes sociais, Maiara postou a última conversa que teve com Marília nesta segunda-feira. O produtor do projeto, Junior Campi, disse que o projeto vai continuar.”Deus vai nos abençoar e nos dar forças pra levarmos o Patroas pra frente e ela olhar lá de cima e ter orgulho desse projeto no qual estava sendo a maior realização da vida dela”, escreveu ele em suas redes sociais.

Junior também fez questão de registrar o quanto Marília encabeçava o projeto que tanto amava: “Nossa líder. Nossa cabeça pensante em tudo”, ressaltou. Uma das músicas de ”Patroas” fala de violência contra a mulher, exalta a importância da sororidade e estimula a denúncia de qualquer violência sofrida.O produtor também trabalhava com o cantor Cristiano Araújo, que também morreu em um acidente, este de carro e em 2015.

“Meu Deus, duas vezes não, cara, de novo não!”, escreveu ele, que também era baterista nos dois projetos. Em 2020, as três também lançaram um álbum, este intitulado apenas “Patroas”. Elas já fizeram vários shows juntas ao longo da carreira e eram do mesmo escritório. Veja abaixo o último clipe lançado por elas.

Reprodução

Escrito por Bonfim Notícias

Qual a idade de Cauã Reymond, protagonista de Um Lugar ao Sol?

benefício de novembro será pago em breve; veja information