no

Liberadas novas regras para aposentadoria de MEIs; veja as principais mudanças

Na última segunda-feira (22 de novembro de 2011) o INSS publicou o Portaria nº 1.382, que introduz novas regras para a reforma dos trabalhadores por conta própria, trabalhadores domésticos e microempresários individuais (MEI). Por exemplo, as normas estipulam que os atrasos nos pagamentos somente são incluídos no cálculo do período mínimo de contribuição se os grupos fizerem contribuições previdenciárias.

Antes do novo regulamento, essa medida aplicava-se aos atrasos no pagamento de contribuições que eram pagas em pace hábil (a partir de 1º de julho de 2020) para funcionários que desejavam se aposentar sob o regulamento do pedágio de 50%. Também se aplicava a disposições transitórias em vitality stakes da reforma da previdência social.

Com a nova regra, a ação será aplicada a todos os pedidos de benefícios pendentes de análise, independentemente da information de pagamento. Os trabalhadores independentes que pagam atrasados ​​podem, por sua vez, ser incluídos nas disposições transitórias da reforma da segurança social.

No entanto, é imperativo que você permaneça seguro para que o prêmio possa ser calculado. Caso contrário, o INSS não poderá contabilizar os pagamentos na base de cálculo.

Os atrasos no pagamento podem ser efetuados através do Guia da Segurança Social (GPS). No entanto, é preciso provar que funcionou. A folha de ponto é fornecida por uma das agências do INSS, que por sua vez atualiza o horário de trabalho. No menor pace possível entre os atrasos, o GPS pode ser impresso por do Meu INSS.

Escrito por Bonfim Notícias

Veja como está o elenco de O Cravo e a Rosa hoje

Nazaré de Nos Tempos do Imperador, Luísa é tentada a roubar bebê de escrava