no

Ex-cantor sertanejo é denunciado por agredir esposa

O ex-cantor sertanejo, Murilo Neves foi denunciado pela esposa, Aline Ramos por agressão. A empresária, de 25 anos, afirmou ter sido violentada pelo parceiro dentro do carro em Edealina, Goiânia. Depois dessa situação, ela precisou de atendimento médico por causa dos ferimentos.

Segundo Aline, ela foi agredida quando os dois estavam no rancho da família. O ex-sertanejo teria bebido durante o dia todo, o que a esposa desaprovou. Desaprovando a situação, ela foi para o carro e o marido foi atrás, e foi quando começaram as agressões neste sábado (02).

Após ser violentada, Aline denunciou o parceiro para a  Polícia Civil de Goiânia. Como forma de se proteger, ela conseguiu uma medida protetiva para que Murilo ficasse distante. Antes de partir para agressão, ele já dava sinais e havia ameaças contra a mulher. O cantor, inclusive, tem um histpirico de suspeita de agressão. Ele foi denunciado em 2013 pela ex-mulher.

“Há uns 15 dias ele me ameaçou verbalmente, mas esse final de semana a agressão foi com tapas, socos, enforcamento. Ele me deu uma ‘gravata‘ e foi quando eu fiquei mais próxima da buzina e buzinei. As pessoas ouviram, foram até o carro e me tiraram de lá”, disse ela em entrevista ao portal G1.

“Eu estava me sentindo mal, porque ele estava bebendo, fumando, xingando e, por eu não gostar desse tipo de coisa, eu me afastei. Entrei para dentro do carro e fiquei lá. Parece que um dos primos dele instigou ele. Ele estava bêbado, com a cabeça fraca e acabou tomando essa atitude“, contou ao site da Globo.

A mulher contou que conseguiu ajuda de pessoas que estavam no local quando começaram as agressões por parte do ex-cantor sertanejo da antiga dupla Vitor e Thiago. Ela apertou a buzina do carro e foi socorrida, ficando em um hotel. De lá, a empresária ligou para a família. Depois da violência sofrida, ela precisou ir ao dentista por um dente que ficou fraturado.

Recomendado:  Marido de Carlinhos Maia tem prejuízo drástico ao perder conta no Instagram

“Eu tive alguns ferimentos no rosto e eu fui no próprio hospital da cidade e me deram medicamentos para dor. Quando eu cheguei em Goiânia, eu fui ao médico, a dentista, porque eu tive algum dente fraturado, e estou tomando medicação para hematomas”, contou.

Como já havia sofrido em um relacionamento anterior, Aline disse que não esperava que isso fosse acontecer. “Como eu já tinha vindo de um relacionamento onde eu sofri uma agressão muito grave, em todo o momento da nossa vida ele sempre foi maravilhoso, ele nunca tinha me tratado assim. De uns três meses para cá, foi quando ele começou a ter esse tipo de atitude diferente”, disse.

Escrito por Bonfim Notícias

Auxílio emergencial não está na sua conta do Caixa Tem? Saiba o que realizar

Covid-19: Brasil registra 21,4 milhões de casos e 598.000 mortes