no

Em Nos Tempos do Imperador, Teresa se arrepia com presságio: ‘Morrerei de tristeza’

Teresa Cristina (Leticia Sabatella) terá um presságio sobre o próprio futuro em Nos Tempos do Imperador. A monarca comentará sobre o amor que sente pelo Brasil e se arrepiará com a premonição. “Se um dia tiver que sair daqui, morrerei de tristeza”, soltará a imperatriz na novela das seis da Globo.

Na vida real, a princesa das Duas Sicílias realmente foi expulsa do país quando dom Pedro 2º (1825-1891) foi deposto em 1889. Em seu leito de morte, a italiana lamentou: “Não morro de doença. Morro de dor e de desgosto”.

Nas cenas previstas para irem ao ar na próxima quinta (21) no folhetim de Alessandro Marson e Thereza Falcão, a imperatriz aparecerá com Vitória (Maria Clara Gueiros) negociando tangas de cerâmica produzidas pelas índias da ilha de Marajó, no Pará.

“Esses padrões geométricos são representações estilizadas da figura humana, majestade. Foram feitas quem sabe? Há 500, mil anos? Uma aquisição preciosa!”, vai se animar a irmã postiça de Quinzinho (Augusto Madeira).

“Elas provam um passado do Brasil, uma cultura própria. Uma civilização antiga que todo brasileiro traz em seu sangue. Isso é história do povo, da nação”, concordará a mulher de dom Pedro 2º (Selton Mello). “E a senhora é mais brasileira do que qualquer um que eu conheça”, elogiará a arqueóloga. Teresa Cristina, então, narrará sua história:

Amei esta terra no dia em que a vi de longe, na baía da Guanabara. Amo como amei Pedro a primeira vez que vi um retrato dele, ainda em Nápoles. Amo o Brasil, como amei cada um de meus filhos, ainda no ventre. Se um dia tiver que sair daqui, morrerei de tristeza.

A personagem de Maria Clara Gueiros dirá que tal situação não acontecerá. “Queira Deus que não!”, rezará a “mãe dos brasileiros”. No entanto, a imperatriz não teve seu pedido atendido nos eventos reais que inspiram a novela.

Como a imperatriz Teresa Cristina morreu?

Na revolta do Exército, Pedro perdeu seu posto e toda a família imperial foi obrigada a deixar o Brasil. Ao ouvir a ordem para partir, Teresa Cristina teria dito: “Como não chorar tendo que deixar esta terra para sempre?”.

Recomendado:  Em Nos Tempos do Imperador, Pilar solta bomba na realeza: 'Princesa está grávida'

Segundo o historiador Roderick J. Barman, os eventos de 15 de novembro de 1889 causaram um impacto emocional e físico na imperatriz.

Teresa Cristina aos 66 anos por Félix Nadar (Reprodução/Wikimedia Commons)

Com 66 anos e sofrendo de asma cardíaca e artrite, a monarca passou toda a viagem até Lisboa (Portugal) doente.

A família imperial recebeu em 24 de dezembro a notícia de que haviam sido banidos para sempre do Brasil.

Quatro dias depois, a italiana sofreu uma falha no sistema respiratório e teve uma parada cardiorrespiratória.

De acordo com Barman, as últimas palavras de Teresa Cristina foram: “Sinto a ausência das minhas filhas e de meus netos. Não posso abençoar pela última vez o Brasil, terra linda… Não posso lá voltar”.

Única novela inédita da Globo no ar, Nos Tempos do Imperador se passa cerca de 40 anos depois dos acontecimentos de Novo Mundo (2017). Além dos spoilers, o Bonfim Notícias também diariamente publica os resumos da novela das seis.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros


Inscreva-se no canal do Bonfim Notícias no YouTube e veja a vídeos com revelações do que vai acontecer em Nos Tempos do Imperador e outras novelas.

Escrito por Bonfim Notícias

Nuno coloca fogo em carro com Nazaré Toni dentro

Deolane Bezerra expõe funcionário em situação constrangedora