no

como desbloquear o cartão do programa

O programa Bolsa do Povo em São Paulo é pacote de benefícios criado para ajudar mais de 500.000 pessoas a combater a pandemia COVID-19. Após a aprovação do cadastro no programa, o beneficiário deve desbloquear o cartão para ter acesso aos recursos.

Para desbloquear o bloqueio, é necessário realizar a solicitação nos canais de atendimento do Banco do Brasil, caixas eletrônicos, bancos 24 horas e até correspondentes bancários em loterias, supermercados e lojas de conveniência.

Lembre-se que o beneficiário possui log e senha no Portal Bolsa do Povo. Se você já se cadastrou no website, basta realizar o login utilizando o cadastro pessoal (CPF) e senha. Caso ainda não tenha feito isso, você precisará realizar login. Uma vez informado o código, o beneficiário o utilizará para sacar recursos nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil.

Caso o beneficiário tenha problemas para acessar ou desbloquear o recurso, a main de atendimento do programa pode ser contatada de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, pelo telefone 0800 7979 800.

Existe também o canal WhatsApp (11) 98714-2645. O governo lembra ainda que o acesso à área restrita do município pode em breve destravar o cartão Portal Bolsa do Povo.

Programa Bolsa do Povo

O governo de São Paulo lançou o programa Bolsa do Povo em 26 de maio de 2021 com a Lei nº 17.372 para ajudar mais de 500 mil famílias em situação de vulnerabilidade e extrema pobreza. A vantagem combina programas nas seguintes áreas:

  • Suporte social;
  • Educação;
  • Esportes;
  • Invólucro;
  • Qualificação profissional;
  • Saúde;
  • Trabalho.
  • É importante saber que o governo do estado não faz ligações ou envia SMS para solicitar informações sobre dados pessoais.

    Também não faz contato para ativar web links de participação para ter acesso a programas e serviços públicos oferecidos ao cidadão como Vale Gás ou SP Acolhe.

    Escrito por Bonfim Notícias

    Lívia Andrade nega ameaça a Hugo Gloss e expõe provas

    Brasil é responsável por 676 mortes e 17,7 mil infecções em 24 horas