no

Auxílio para agricultura familiar de até R$ 3.500 é vetado por Bolsonaro

Foto: Carolina Antunes/PR

Agricultores familiares foram prejudicados por um veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a um Projeto de Lei que criava medidas de amparo ao setor até 31 de dezembro de 2022.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, entre outros dispositivos, o texto autorizava a União a transferir até R$ 3.500 por família de agricultores beneficiários do Fomento Emergencial de Inclusão Produtiva Rural.

“Entretanto, a despeito da boa intenção do legislador, a proposição legislativa encontra óbice jurídico por não apresentar a estimativa do impacto orçamentário e financeiro”, afirma a justificativa do veto, publicada nesta sexta-feira (17), no Diário Oficial da União (DOU).

O texto vetado também determinava a concessão de prorrogação, descontos, possibilidades de renegociação de dívidas de operações de crédito rural e flexibilização de termo de garantia para a concessão de crédito.

Apresentado pelo deputado Pedro Uczai (PT-SC), o texto foi aprovado pelo Senado em 25 de agosto, quando seguiu para análise da Presidência da República.

Escrito por Bonfim Notícias

Idosos de 89 a 84 anos recebem reforço nesta semana no Rio

MORRE EM BONFIM MAIS UMA PESSOA VÍTIMA DA COVID-19