no

Auxílio de R$ 400 para caminhoneiros é confirmado por Bolsonaro; entenda

Nesta quinta-feira (21 de outubro), o presidente Jair Bolsonaro confirmou em transmissão ao vivo nas redes sociais que estava sendo criado socorro voltado para a classe de caminhoneiros. O benefício é de R $ 400 e é denominado “Auxílio Diesel”.

O benefício é oferecido a 750 mil trabalhadores autônomos, resultando em gastos do governo da ordem de 3 bilhões.De acordo com o presidente, a criação do benefício é uma resposta da equipe empresarial à iminente mudança de combustível.

Segundo o presidente, os preços dos combustíveis serão reajustados para que não haja gargalos no Brasil. Essas ações são tomadas em resposta às flutuações e pressões nos mercados internacionais e à alta do dólar.

A ajuda ao gasóleo visa garantir a circulação de mercadorias, mas sobretudo garantir o abastecimento do país. Porque os caminhoneiros são responsáveis ​​pelo transporte de mercadorias, alimentos e outros suprimentos em todo o país.

Outras diretrizes

O presidente falou ainda sobre o novo programa social do governo, Auxílio Brasil, e o aumento do preço do gás de cozinha. Segundo Bolsonaro, o valiance do gás de cozinha foi pressionado pela inflação e ficou mais caro com o isolamento e medidas de bloqueio.

Além disso, Bolsonaro afirmou que o valiance do programa que substituirá o Bolsa Família já está invariavelmente fixado em R $ 400. Bolsonaro também comentou sobre sua expectativa de que as reformas administrativa e tributária, atualmente emperradas no Congresso, voltem a avançar.

O Presidente não se pronunciou directamente sobre as demissões do Ministro Especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, e do Secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, durante a actuação ao vivo.

Escrito por Bonfim Notícias

Bruna da novela Império: atriz Kiria Malheiros vai para a Record

Pétala Barreiros e os pais decidem processar Lívia Andrade